12.8.16

UGT NA MARCHA DE ABERTURA DA 12ª EDIÇÃO DO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

Via UGT -

Uma  marcha pelas ruas de Montreal no Canadá, na terça-feira, dia 9,  marcou o início das as atividades do Fórum Social Mundial (FSM) 2016. Em sua 12º edição, é a primeira vez que o evento, criado em Porto Alegre em 2001, é realizado em um país do hemisfério norte.

Reunindo mais de 10 mil pessoas, representando as mais diversas organizações sociais, o FSM tem como lema: "Um outro mundo é necessário. Juntos torna-se possível".  O evento busca estabelecer um contraponto a crise capitalista global. A UGT está representada  pelos dirigentes  Cicero Pereira da Silva, Secretário Adjunto de Integração para as Américas e Elimar Damin Cavaleto, Secretário Nacional de Direitos Humanos.

Até o próximo domingo, dia 14,  mais de mil organizações da sociedade civil de 118 países realizarão cerca de 1.200 atividades. "As alternativas econômicas, sociais e solidárias diante da crise capitalista; A defesa dos direitos da natureza e a justiça ambiental; As migrações e a cidadania sem fronteiras; Os direitos humanos e sociais,”  serão alguns dos 13 temas abordados durante o encontro.

Em seus 15 anos de existência, o FSM foi realizado sobretudo em Porto Alegre, mas também em Belém (Pará), no Mali, Índia, Paquistão e duas vezes na Tunísia.