22.1.17

UERJ SE VESTE DE LUTO EM PROTESTO CONTRA CORTES DE VERBAS; MARCHA DAS MULHERES REÚNE 500 MIL PESSOAS EM WASHINGTON CONTRA TRUMP [VÍDEO]

REDAÇÃO -


Na próxima terça-feira (24) será realizado o ato público "Uerj de Luto na Luta", às 9h, no campus Maracanã da universidade. O protesto acontece em defesa da sobrevivência da instituição, que vem sendo sucateada em função da ausência de repasses de verbas por parte do governo estadual. A manifestação reúne alunos, técnicos administrativos, professores, artistas, intelectuais, além de representantes de entidades diversas, pela manutenção do ensino público e desenvolvimento das atividades de pesquisa, extensão e cultura.

"O luto presente nesse manifesto é importante para pensarmos o quanto a UERJ é pujante como  patrimônio histórico e cultural do nosso estado, sua contribuição para o desenvolvimento econômico e social do território fluminense e sua potência no plano da educação nacional", afirma a professora do Departamento de Ciências Humanas, Joana Bahia.

De acordo com o diretor do Departamento Cultural da universidade, Ricardo Lima, "a UERJ está de luto pela ameaça que lhe querem imputar e também pela condenação à morte de uma sociedade que se encontra privada de seus direitos fundamentais de cidadania e democracia. Lutamos para dar continuidade ao projeto de transformar pessoas em cidadãos".

Para a coordenadora de Estudos Estratégicos e Desenvolvimento da instituição, Tatiane Alves, "essa é a forma que encontramos de dizer que, embora seja dolorosa a agonia imposta à Uerj, pela força de um governo que não vê a educação pública como prioridade, nós estamos vivos, ativos e lutando para evitar que seja dado um golpe fatal no futuro do estado do Rio de Janeiro".

Durante o ato estão programadas atividades culturais como performances, apresentações musicais e exposições. Estão confirmadas as presenças dos sambistas Aluísio Machado e Zé Katimba, do grupo AH! BANDA, com direção de Ilana Linhales e dos Corais da Uerj, sob regência de Mário Assef. A mostra "A Uerj que sonhamos", com trabalhos dos alunos do CAp-Uerj inaugura na Galeria Candido Portinari, às 12h. (Por Rosana Rocha, via e-mail)

UERJ de  LUTO na LUTA - Ato público
Dia:   24 de janeiro de 2017
Hora:  9h
Local: Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã.

***
MARCHA DAS MULHERES REÚNE 500 MIL PESSOAS EM WASHINGTON CONTRA TRUMP

Os organizadores dos protestos em Washington não marcharão mais pelas ruas, pois o comparecimento às manifestações excedeu as expectativas, informou a Associated Press, citando uma fonte anônima no governo da cidade.

Os organizadores planejavam realizar uma marcha pelas ruas da capital norte-americana, mas todo o percurso do trajeto ficou completamente tomado pela multidão. Os organizadores esperavam o comparecimento de 200 mil pessoas. No entanto, mais de meio milhão de pessoas vieram até o centro de Washington, explicou a agência.

As autoridades da cidade ainda não conseguiram calcular o número exato de manifestantes, pois o dia extremamente nublado está dificultando as filmagens aéreas, que permitiriam realizar uma estimativa mais precisa.

Segundo correspondente da Sputnik, as pessoas lotaram praticamente todos os três quilómetros do National Mall, onde fica localizada a Casa Branca, o Capitólio, bem como a Independence Avenue, pela qual seria realizada a marcha. (via Sputinik)


VÍDEO: Marcha das mulheres contra Trump reúne multidões ao redor do mundo