16.2.17

CRIVELLA É UM SANTO HOMEM, É PURO, SEM MALDADES; BIBLIOTECA CELSO KELLY

MIRSON MURAD -


O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, nomeou seu filho para a Casa Civil da prefeitura mas não houve nepotismo, o STF foi injusto cassando a nomeação. O filhinho é altamente classificado para o cargo, é formado em psicologia cristã que tem tudo a ver com o cargo. O Conselho Nacional de Psicologia não reconheceu essa especialidade, o Conselho Regional também não, outra injustiça.

O santo e puro prefeito Crivella havia colocado como Administrador Regional de Copacabana um elemento com belo currículo: Tráfico de drogas, porte indevido de arma, ameaça de vida, assalto... Com todo essa folha, invejável, injustamente, o "religioso" foi obrigado a destitui-lo. Aliás, é bom que se diga, Crivella não sabia do "currículo" do rapaz. Ele apareceu no gabinete do prefeito pedindo emprego e Crivella deu. Apenas isso. O "bispo" Marcelo Crivella, provavelmente, nomeará mais um colega seu, "bispo" da Universal, no secretariado municipal e, seu titio o "papa-rabino" Edir Macedo, para conselheiro político. Seu currículo de milagres, sem dúvidas, o credencia a qualquer cargo público... Ou não?

BIBLIOTECA CELSO KELLY

A Biblioteca Celso Kelly, ali na, esquina de Av. Presidente Vargas com Av. Tomé de Souza, assim como outras no Estado do Rio e Janeiro estão fechadas. Todas elas sem acesso do público por incompetência do alto escalão estadual. Quanto à Biblioteca Celso Kelly o problema é bem mais escandaloso. Uns canalhas agrediram o homenageado tirando seu nome da fachada e colocando o nome de Biblioteca Parque. Celso Kelly era um excelente escritor e jornalista (inclusive foi presidente da ABI), não recebeu essa homenagem gratuitamente, fez por merecer. Sua história de vida precisa ser respeitada não é para qualquer capadócio (não sei quem era o governador na época da agressão à memória do pai do grande compositor João Roberto Kelly). No Estado do Rio, aliás como em todo o Brasil, não existe memória cultural. Em um país sério esses vagabundos seriam responsabilizados por tal ato. Isso ainda pode ser corrigido. Entretanto, infelizmente, acho muito difícil alguma autoridade se coçar e tomar as devidas providências.