27.3.17

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS FRENTISTAS INTENSIFICA AÇÕES DE SEGURANÇA E SAÚDE NOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS DA REGIÃO NORTE

Via FENEPOSPETRO -

Para implementar as normas de segurança e saúde nos postos de combustíveis de Belém, no Pará, a Federação Nacional dos Frentistas (FENPOSPETRO) vai promover ações na capital, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego. Em maio, o MTE começa a fiscalizar os postos que descumprem as normas regulamentadoras.


Chamar a atenção do trabalhador, da empresa e da sociedade civil para os riscos de acidentes no ambiente laboral, esse é o principal objetivo da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes que será realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em todo Brasil. Em Belém, no Pará, o MTE vai direcionar as ações para os frentistas. O projeto será detalhado numa reunião que será realizada nesta Segunda-Feira (27), às 10h, na sede do órgão, no Centro de Belém. O secretário de Saúde e Segurança do Trabalho da FENEPOSPETRO, Lázaro Ribeiro de Souza vai representar a Federação no encontro.

Durante o mês de abril, fiscais do MTE e dirigentes da FENEPOSPETRO, que representam os frentistas em Belém, vão percorrer os postos de combustíveis e orientar os trabalhadores sobre os riscos de acidentes e as medidas que devem ser adotadas para evitar a contaminação pelos produtos tóxicos. O Ministério do Trabalho vai priorizar, ainda, o cumprimento das normas de segurança e saúde. O projeto envolve também os donos de postos e toda a sociedade.

A Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes será aberta no dia 4 de abril. Durante todo o mês serão distribuídos material educativo para os trabalhadores e clientes dos postos. O Ministério vai realizar seminários específicos para trabalhadores e empresários, para debater as questões trabalhistas e de segurança e saúde.

O secretário de Saúde e Segurança do Trabalho da FENENPOSPETRO, representantes do MTE e das empresas vão definir na reunião de hoje, como será feita a divulgação nos postos e os temas que serão abordados nos seminários.

A implantação do anexo II da NR 9, sobre exposição ocupacional ao benzeno em postos revendedores de combustíveis, será cobrado durante a campanha. Os representantes do Ministério do Trabalho vão exigir que a lavagem dos uniformes dos trabalhadores seja feita pelas empresas, como determina a norma regulamentadora. Eles também querem a realização do curso de treinamento contra acidentes.

Após a campanha de conscientização e esclarecimento, o Ministério do Trabalho iniciará, a partir de maio, a fiscalização e autuação dos postos de combustíveis que não estiverem cumprindo as normas regulamentadoras de segurança e saúde, em Belém.

RONDÔNIA

Na semana passada, em Rondônia, na Região Norte, o Ministério do Trabalho instalou Câmaras Setoriais do Setor de Postos de Combustíveis para acompanhar as ações de desenvolvimento e de atividades da cadeia produtiva. Até 19 de abril, representantes da FENEPOSPETRO, do Sindicato dos Frentistas de Rondônia, do governo, dos donos de postos de combustíveis e da sociedade civil debaterão os problemas do setor.

* Estefania de Castro, assessoria de imprensa Fenepospetro