17.4.17

1- UGT-RJ RECEBE PRÊMIO POR SUA LUTA NO COMBATE AO RACISMO E A INTOLERÂNCIA; 2 - SP: “INDÚSTRIA 4.0 A 4ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” SERÁ UM DOS TEMAS DO 1º DE MAIO DA UGT

Via UGT -


Nilson Duarte Costa, presidente da União Geral dos Trabalhadores no Estado do Rio de Janeiro (UGT-RJ) foi um dos contemplados com o “Prêmio Cedine 21 de Março Combatendo o Racismo”. O evento aconteceu na terça-feira (11), e reuniu dirigentes  sindicais, parlamentares e representantes do governo  que, de alguma maneira, se destacaram na valorização da luta contra o racismo e a intolerância.

A secretária da Diversidade Humana da UGT, Ana Cristina dos Santos, representou Nilson no evento que foi promovido pelo Conselho Estadual do Direito Negro (Cedine).

A cerimônia contou com a presença de Marta Rocha, deputada estadual, Valter Martins, Sindimestres Brasil, Alzira Pereira, Sinder RJ, Ubiratan José, Sindiserj, entre outros.

“É muito importante a gente da UGT-RJ receber um prêmio como esse, porque é o reconhecimento do trabalho que estamos realizando para combater o racismo, o preconceito e qualquer tipo de intolerância”, explicou Ana.
(Por Fábio Ramalho – Imprensa UGT)

***
“Indústria 4.0 a 4ª Revolução Industrial” será um dos temas do 1º de Maio da UGT

Depois da mecanização e da produção em massa, a revolução digital trás agora a tecnologia da informação. O Brasil e a 4ª Revolução Industrial, Impactos Econômicos e Sociais, será um dos temas a serem debatidos durante o Seminário 1º de Maio “10 anos da UGT”.  Para falar dessa questão e seus efeitos no mundo do trabalho, o evento contará com  palestra do Professor  Doutor Marcos Cordeiro Pires.

Com graduação, mestrado e doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo, Marcos Cordeiro Pires atualmente é professor na Unesp e pesquisa as transformações econômicas e políticas recentes da República Popular da China. É membro do Núcleo de Economia Política e História Econômica da USP, do Grupo de Pesquisa "Estudos da Globalização" e do Grupo de Estudo dos BRICs, na Unesp-FFC-Marília.

Para o professor Marcos Cordeiro, “a organização de um seminário que aborda temáticas como as que estão sendo propostas pela UGT, é de fundamental importância, ainda mais em um momento em que o Brasil e o mundo caminham em uma profunda crise. No Brasil em especial, onde a classe trabalhadora  tem sofrido grandes revés com as recentes reformas em curso (previdenciária e trabalhista).

“É da reflexão que surge a luz para a ação. Portanto, avalio que esta seja uma excelente oportunidade para os segmentos envolvidos com o mundo do trabalho. É preciso que as lideranças sindicais tenham uma leitura correta das mudanças que se encontram em curso, a fim de que possam planejar suas futuras ações. O que amplia a importância da realização de um seminário dessa magnitude”, destacou o professor Marcos Cordeiro Pires.

O “Seminário 10 anos de luta da UGT e os desafios para superar a crise política e econômica do Brasil”  será realizado no Hotel Holliday Inn, em São Paulo nos próximos dias 24 e 25 de abril, reunindo sindicalistas, políticos, pesquisadores, catedráticos e representantes do poder público e da sociedade civil.