21.4.17

A REFORMA DA IMPREVIDÊNCIA, E A ESPOLIAÇÃO DOS TRABALHADORES

HELIO FERNANDES -

São os dois assuntos que estão na pauta do indireto, desde a sua posse em 9 de maio de 2016. Faz o maior esforço de mistificação, de retrocesso, de concessão, para tentar aprovar a da Previdência, considerando-a urgente, necessária e indispensável. Mas não consegue sair do lugar, convencer alguém que suas palavras se baseiam numa realidade irrefutável.

O projeto inicial, tido como indispensável, é retocado, emendado e reformulado com a maior insistência. Para aprovação precisa  de irrisórios 308 deputados, mas vai cedendo a todas as pressões , deformando e deteriorando o que divulgava praticamente como parte indispensável para a salvação nacional.

Leia mais na COLUNA