13.5.17

1- PALOCCI NEGOCIA ACORDO DE DELAÇÃO PREMIADA; 2- AS PROVAS E DÚVIDAS NO DEPOIMENTO DE MÔNICA MOURA CONTRA DILMA

REDAÇÃO -


O ex-ministro Antonio Palocci está tentando fechar com o MPF (Ministério Público Federal) 1 acordo de delação premiada, afirma o advogado José Roberto Batochio. Ele deixou de ser o defensor de Palocci em 2 processos da Lava Jato nesta 6ª feira (12.mai.2017).

Foram 2 os motivos da saída do advogado. A força-tarefa da Lava Jato exigiu a troca da defesa. Além disso, o Batochio afirma não aceitar esta estratégia de defesa em nenhum de seus processos. Leia a íntegra da nota do advogado.

Agora, Palocci será representado por Adriano Bretas –famoso por negociar acordos de delação– e Tracy Reinaldet. Bretas cuidou do caso do ex-senador Delcídio do Amaral. (via Poder360)

***

As provas e dúvidas no depoimento de Mônica Moura contra Dilma

Entre as provas anexadas na delação premiada da esposa de João Santana estão: senha de Wifi, passagem de avião, agenda onde consta "compromisso com a tia", arquivo de Word e uma conta de Gmail de onde e-mails nunca foram disparados.

Para tirar a Lava Jato de seu encalço, Mônica Moura contou a seguinte história sobre Dilma em sua delação premiada. 

Confira aqui. (via GGN)