2.6.17

GRAMPOS INDICAM QUE TV RECORD NEGOCIOU ENTREVISTA COM TEMER EM TROCA DE PATROCÍNIO NA CAIXA; “GRANDE NOME” DA REDE GLOBO TERIA SIDO GRAMPEADO COM AÉCIO, DIZ REPÓRTER DO INTERCEPT

REDAÇÃO -


Conversas entre o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), o ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral de Governo) e um executivo da TV Record indicam uma negociação para a emissora ter demandas atendidas pela Caixa Econômica Federal em troca de fazer uma entrevista com o presidente Michel Temer (PMDB).

A conversa, travada entre Aécio e Douglas Tavolaro, sobrinho do bispo Edir Macedo e vice-presidente de jornalismo do grupo, fala em “juntar tudo num pacote e sair”.

Em outra conversa, citando o conhecimento do presidente Temer do pedido da Record, Aécio cobrou o ministro Moreira Franco para "entrar no circuito com o cara da Caixa" e este disse que já tinha encaminhado a demanda da emissora.

Tratava-se de um pedido de patrocínio da Record à Caixa — que foi negado pela área técnica do banco. Segundo a Caixa, foi o próprio Moreira Franco quem encaminhou o pedido da emissora. A entrevista da Record com Temer não foi realizada.

Confira a íntegra da reportagem no site BuzzFeed







***
“Grande nome” da Globo teria sido grampeado com Aécio, diz repórter do Intercept


Corre em Brasília que um grande nome da Rede Globo foi grampeado em conversa comprometedora com senador Aécio Neves.