11.9.17

FEPOSPETRO E MPT FIRMAM PARCERIA PARA CAMPANHA PERMANENTE DE PREVENÇÃO À EXPOSIÇÃO AO BENZENO

Via FEPOSPETRO -


O acordo entre a Federação dos Frentistas de São Paulo (Fepospetro) e o Ministério Público do Trabalho do Município de Bauru/SP vai promover em todo o Estado de SP atividades de conscientização e prevenção à exposição ocupacional ao benzeno e a outros riscos ocupacionais a que estão sujeitos trabalhadores em Postos de Combustíveis. Participam da iniciativa formalizada no dia 29 de agosto durante audiência administrativa realizada na Procuradoria do Trabalho do Município de Bauru/SP os dezesseis sindicatos que representam em São Paulo, em conjunto com a Fepospetro, cem mil trabalhadores. O lançamento da campanha está programado para ocorrer em Campinas/SP, no próximo dia 10 de outubro. O mês marca a “ Luta Contra a Exposição ao Benzeno”, celebrada no dia 5.


Benzeno: Um dos componentes dos combustíveis, o benzeno é classificado pelo Ministério do Trabalho como substância cancerígena. Normalmente, o benzeno é absorvido pelo organismo através da respiração ou do contato com a pele.

A Campanha: A mensagem de prevenção aos riscos da exposição ao benzeno será trabalhada à partir de diversas de ações como a distribuição de cartilhas, camisetas e adesivos, além da realização de palestras e seminários. Também fazem parte da campanha vídeos para redes sociais, peças para a web e outdoors, fazendo-se em todos esses materiais menção ao acordo com o MPT. A Fundacentro e o Cerest, entidades referencia em saúde e segurança ocupacional, darão apoio à Fepospetro na elaboração do conteúdo de todo o material envolvido na campanha.

Comissão: Coordenará os trabalhos uma Comissão formada por Luiz Arraes, presidente da Fepospetro, Raimundo Nonato de Souza, secretário geral do Sinpospetro-Campinas/SP e membro da Comissão Nacional do Benzeno (CNPBz), Vanderlei Roberto dos Santos, Secretário Geral do Sinpospetro de São Paulo, Antonio Marco dos Santos, presidente do Sinpospetro de São José do Rio Preto/SP, e Sueli Camargo, Presidente do Sinpospetro de Sorocaba/SP. Nos próximos dias o grupo debaterá o calendário de reuniões acerca do andamento da campanha.

Oportunidade: As tratativas até aqui definidas foram deliberadas durante reunião realizada na Fepospetro no dia 5 de setembro. Na ocasião, Luís Arraes, presidente da entidade, defendeu a campanha também como oportunidade de os dirigentes fortalecerem nas bases, junto aos trabalhadores, a presença do sindicato.

*Assessoria de Imprensa da Fepospetro / Imagem: Janekelly