26.9.17

VIOLÊNCIA NO RIO ECLODIU, NOSSAS AUTORIDADES SÃO DESONESTAS E O GOVERNO TEMERÁRIO. NA VERDADE TEMOS SEGURANÇA ZERO

ROBERTO M. PINHO -


Nunca será tarde para lembrar que na manhã do dia 22 de setembro, traficantes e policiais se enfrentaram na favela da Rocinha. Um aglomerado com aproximadamente 100 mil habitantes. O resultado do confronto, um morador ferido e foi levado para o Hospital Miguel Couto. Simultaneamente um ônibus foi queimado na Avenida Niemeyer, a alguns metros da favela e uma bomba foi jogada no Túnel Zuzu Angel.

O cenário foi de guerra civil. Temos a nítida visão que os bandidos não mais respeitam autoridades e sequer se importam com os moradores dos locais onde existe esse tipo de conflito entre facções rivais que disputam espaço para venda de drogas.

Leia mais na COLUNA