25.10.17

1- EVENTO DA VEJA COM MORO, BOLSONARO, DORIA E HUCK É PATROCINADO POR EMPRESA QUE DEVE 5 BILHÕES DE ICMS; 2- ASSESSOR DO DEPUTADO ALIADO DE TEMER, TENTA ATROPELAR CICLISTAS E DEPOIS OS AMEAÇA COM FACA [VÍDEO]

REDAÇÃO -


A revista Veja realizará, em novembro, um evento pago que reunirá Sérgio Moro, Luciano Huck, Henrique Meirelles, João Doria e outros nomes, que serão entrevistados por jornalistas da publicação da editora Abril. Além destes, participarão do “Amarelas Ao Vivo” Geraldo Alckmin, Marina Silva, Jô Soares, Luís Roberto Barroso e Jair Bolsonaro.

A patrocinadora master do evento é a Refinaria Manguinhos, maior devedora do ICMS do Rio de Janeiro. Até maio, a Manguinhos devia cerca de R$ 5 bilhões aos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Em São Paulo, existem R$ 1,6 bilhão inscritos na dívida ativa da empresa e no Rio de Janeiro a dívida superava R$ 2,4 bilhões.

De acordo com informações divulgadas pela própria Veja, que está organizando o evento, a Tambores Araras, credora da Manguinhos, está cobrando na Justiça a dívida da empresa e, no início de outubro, teria questionado investimentos que a Manguinhos vem fazendo, como no patrocínio ao lutador de MMA, José Aldo, ou no merchadising em novela da Globo.

“Ora Excelência, a empresa em recuperação talvez não precisa de beneficio, pois, gasta urna fortuna para patrocinar um lutar de UFC de nome José Aldo Júnior, e, pagando horário nobre para rede de televisão em transição das lutas de seu patrocinado”, teria escrito, à Justiça, a credora.

Procurada pela reportagem, a Manguinhos não se manifestou ainda sobre as declarações da empresa credora e nem sobre a motivação em patrocinar eventos como este da Veja. (via Revista Fórum)

***
Assessor do deputado Darcísio Perondi, aliado de Temer, tenta atropelar ciclistas e depois os ameaça com faca