31.10.17

CSB ULTRAPASSA CTB EM FILIAÇÕES E É A QUINTA MAIOR CENTRAL DO PAÍS

Via CSB -

Central dos Sindicatos Brasileiros totaliza 792 entidades filiadas e 25 em fase de filiação.

Daniel Mazola (jornalista), Antonio Neto (presidente nacional da CSB) e Bartolomeu França (consultor sindical) / Foto: Iluska Lopes.
Nesta segunda-feira (30), a Central dos Sindicatos Brasileiros ultrapassou a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e alcançou 792 entidades filiadas no Ministério do Trabalho e outras 25 em fase de filiação. Somando aos sindicatos que ingressaram no Ministério com suas documentações para filiação, a CSB totaliza 817 sindicatos filiados, além de 30 Federações e duas Confederações.

A CSB é a quinta maior central do Brasil também em número de sindicatos, e continuará com o trabalho de consolidação de suas bases nos quatro cantos do País. Estes números do Ministério corroboram o trabalho da Entidade no processo de ampliação de seus quadros, bem como a articulação dos dirigentes da Central junto às entidades que partilham dos ideais de luta da CSB.

Os 792 filiados são fruto também das ações desenvolvidas pela Central, como os Congressos Estaduais realizados em Santa Catarina, Ceará, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo, em 2017, e de todas as mobilizações promovidas pela Entidade na defesa dos interesses dos trabalhadores.

Pautas importantes para a realidade da classe trabalhadora defendidas pela Central – como o combate às reformas trabalhista e da Previdência, a regulamentação do transporte seguro promovida pelos taxistas, as bandeiras de luta dos servidores públicos (segurança pública e o direito de negociação coletiva da categoria) – despertaram no movimento sindical a confiança no trabalho da CSB e simbolizam a abrangência da Entidade em todos os estados do País.

Para o presidente Antonio Neto, o desafio aumenta na medida em que a Central amplia a sua abrangência nas categorias. “Fizemos neste ano um trabalho muito grande para estar cada vez mais presente nos mais distantes rincões do Brasil. Esta posição vem do suor de cada dirigente que contribuiu para nosso crescimento e para conseguirmos novos filiados a cada dia. Só temos a agradecer a todos pelo esforço, e vamos seguir firmes, pois a responsabilidade aumenta com as tentativas de retrocessos que combatemos diariamente”, disse Neto.