2.10.17

O MINISTRO NOVATO, ARROGANTE E PREPOTENTE, ANTEONTEM DEVOLVEU O PROCESSO, PODE ACABAR O FÔRO PRIVILEGIADO

HELIO FERNANDES -

O país espera ha anos que acabe esse absurdo. Não existem números exatos, mas os que são publicados, oscilam sempre entre 40 e 50 mil poderosos, pode até ser mais. Como a função principal do Supremo é ser o "guardião" da Constituição, cabia e cabe a ele defender o principio de que "todos são iguais perante a lei".

O Brasil é um dos países com mais Constituições. Mas todas elas garantem e preservam esse direito inconstitucional. Por insistência do ministro Luiz Roberto Barroso, a questão foi colocada na pauta, com ele mesmo como relator. Voto magistral, condenando o privilégio. Passou a Alexandre Moraes, gastou um tempo enorme, não votou,usou o arcaico pedido de vista, 3 ministros anteciparam o voto, como protesto, 4 a 1  contra.

Agora faltam votar apenas 5 ministros, 3 votos conhecidos, no mínimo 7a 2 fulminando a excrescência. Depois de amanhã, quarta feira, a presidente poderia colocar  a questão na pauta, em menos de 1 hora estaria terminado. Entrariam então nos importantes assuntos á espera.

Leia mais na COLUNA