16.11.17

1- TRF ACEITA PEDIDO DE PRISÃO DE JORGE PICCIANI, PAULO MELO E ALBERTASSI; 2- BEBEL GILBERTO CONSEGUE A INTERDIÇÃO DO PAI, JOÃO GILBERTO, EM “CONDIÇÃO DE QUASE MISERABILIDADE”

REDAÇÃO -


O Tribunal Regional Federal da 2ª Região  (TRF2) determinou, por unanimidade, a prisão preventiva do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e dos deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB. A determinação segue agora para a Alerj, que votará se aceita a medida ou a rejeita.

Os parlamentares foram indiciados na Operação Cadeia Velha, deflagrada na terça-feira (14) pelo Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF). A operação investiga o uso dos cargos públicos para corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, em combinação com as empresas de ônibus.

Votaram com o relator, desembargador Abel Gomes, os desembargadores Messodi Azulay, Paulo Espírito Santo, Marcelo Granado. O presidente da 1ª Turma, desembargador Ivan Athié, que não seria obrigado a votar, também acompanhou o voto, fechando a questão por 5 votos a favor da prisão e o afastamento dos deputados de seus cargos. (via Agência Brasil)

***
Bebel Gilberto consegue a interdição do pai, João Gilberto, em “condição de quase miserabilidade”


O querido João Gilberto, 86 anos, gênio da música, vem passando por momentos muito difíceis. Está com a saúde fragilizada e sob a curatela da filha, Bebel Gilberto, que veio de Nova York para cuidar do pai.

A cantora conseguiu na Justiça a interdição do pai para “pôr fim aos negócios temerários que João vinha sendo orientado a firmar, que resultaram na atual condição de quase miserabilidade do artista”.

Segue…

A interdição é uma medida judicial para declarar uma pessoa incapaz — total ou parcialmente — para práticas de atos da vida civil, como movimentar dinheiro, por exemplo.