23.11.17

1- VEJA OS PRINCIPAIS PONTOS DA NOVA VERSÃO DA PROPOSTA DO GOVERNO PARA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA; 2- TEMER DÁ POSSE AO “MENINO DE OURO” DE CACHOEIRA E AGRADA RODRIGO MAIA

REDAÇÃO -


governo apresentou nesta quarta-feira (22) a nova versão da reforma da Previdência. O presidente Michel Temer ofereceu um jantar no Palácio da Alvorada, em Brasília, para deputados da base aliada, em uma ação para tentar garantir apoio na aprovação do projeto.

A proposta inicial encaminhada pelo Palácio do Planalto ao Congresso já havia tido alterações sugeridas pelo relator a comissão especial sobre o assunto na Câmara dos Deputados, Arthur Maia (PPS-BA), em abril.

As mudanças estão em discussão e ainda não estão valendo, pois precisam passar por votações no Congresso. Por se tratar de uma mudança na Constituição, precisará receber o aval de pelo menos 308 deputados em dois turnos de votação na Câmara e depois em dois turnos no Senado.

A versão nova apresenta regras mais rígidas de aposentadoria para o servidor público na comparação com outros trabalhadores. Veja aqui quais pontos foram mantidos e quais foram alterados na proposta a ser analisada. (via Globo)

***
Temer dá posse ao “menino de ouro” de Cachoeira e agrade Rodrigo Maia
Do G1:

O presidente Michel Temer deu posse na tarde desta quarta-feira (22) ao deputado Alexandre Baldy (sem partido-GO) como ministro das Cidades, em cerimônia realizada no Palácio do Planalto. Baldy ficará no lugar de Bruno Araújo (PSDB-PE), que volta para a Câmara.

O novo titular das Cidades é indicação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) – peça-chave para a aprovação de projetos de interesse do Planalto no Congresso.

Ao dar posse a Baldy, Michel Temer agradeceu a Maia por ter sido “a primeira pessoa” a lembrar do nome de Baldy para assumir o ministério.

“Por isso que quero dirigir também uma palavra ao Rodrigo [Maia]. Ele tem sido um parceiro fundamental para o sucesso do nosso governo, como o faz Eunício Oliveira no Senado Federal. Esse entrosamento entre o Congresso Nacional e o Executivo é que está permitindo as palavras de êxito e os atos exitosos que tem se verificado ao longo do período”, disse Temer. (…)