10.11.17

GÖRING OU GOEBBELS, O PSDB EM FOCO

Por PEDRO AUGUSTO PINHO -


Para gáudio de todos, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) promoverá eleição para Presidente do Partido. Não se sabe se em torno de um Château Pétrus ou de algum renomado Grand Cru de Bourgogne. Mas, certamente, limitada à “massa cheirosa”.

Fervem as profundas divergências entre as irreconciliáveis tendências em choque: de um lado os que querem um “programa radical de privatização” (do manifesto firmado por Bolivar Lamounier, Edmar Bacha, Elena Landau, Luiz Roberto Cunha e Pérsio Arida em favor de Tasso Jereissati, publicado no “Conversa Afiada”, de Paulo Henrique Amorim), de outro os que se contentam em privatizar o máximo possível, os seguidores de Aécio Neves, coerente, se isto é possível, com seu discurso de candidato, derrotado pelos eleitores, em 2014.

Leia mais em POLÍTICA