16.11.17

OFENSIVA ENTREGUISTA COM MENTIRAS ABSURDAS NÃO PARAM NO JORNAL DA FAMÍLIA MARINHO

MÁRIO AUGUSTO JAKOBSKIND -

Empresas petrolíferas pretendem explorar a nossa riqueza energética e contratar estrangeiros.
O jornal O Globo a cada edição se supera em matéria de entreguismo. Na verdade não chega a surpreender, porque a publicação da família Marinho apenas continua o que tem feito ao longo da história brasileira contemporânea, neste caso relacionado com a Petrobrás. Na época da criação da estatal petrolífera, o referido jornal sempre dava espaço para os inimigos do projeto e se colocava contra o empreendimento.

E em uma de suas edições, além de demonstrar enorme satisfação com os leilões do pré sal, a matéria em questão diz que agora o “setor reaquece” e a “expectativa é de gerar mais de 500 mil empregos diretos e indiretos até 2020”. Mas em seguida, o próprio jornal assinala que “a falta de profissionais com conhecimento específico no segmento transfere oportunidades (de trabalho) a estrangeiros”.

As afirmações do jornal dos Marinhos é realmente absurda porque não resiste a menor análise. A Petrobras tem funcionários altamente especializados e já deu mostras nesse sentido ao longo da história, inclusive mais recentemente com o desenvolvimento do pré-sal, que O Globo defende com unhas e dentes entregar para grupos estrangeiros.

Na verdade, a contraditória matéria de O Globo tem por objetivo justificar a entrega indecorosa da riqueza petrolífera que vem sendo feita pelo atual governo do lesa-pátria Michel Temer. O interesse é tanto que na pressa da edição da matéria os responsáveis pelo absurdo não se importam com a mentira divulgada segundo a qual deve-se contratar “profissionais estrangeiros” por “falta de bons profissionais (brasileiros)”.

Trata-se de uma mentira deslavada e também um desrespeito aos trabalhadores brasileiros do setor. O Globo com isso pretende justificar o que empresas petrolíferas pretendem fazer, ou seja, explorar a nossa riqueza energética e a contratação de estrangeiros.

Tudo isso é vergonhoso, mas e preciso estar atento porque as concessões indecorosas às multinacionais do setor não se resumem ao mencionada aqui. O lesa-pátria Michel Temer está isentando impostos das empresas, deixando de arrecadar trilhões de reais, segundo especialistas.

Em suma, todo o cuidado é pouco, porque a mídia comercial conservadora, não só O Globo, diga-se de passagem, seguirá com a manipulação e mentira. Também continuarão destilando ódio aos pobres e engabelando a opinião pública com o esquema da corrupção, deixando de lado a corrupção do mercado, na verdade defendido entusiasticamente pelo O Globo e demais espaços midiáticos comerciais conservadores.

* Via site Brasil de Fato