7.11.17

PARTICIPAÇÃO DOS FRENTISTAS NO 'DIA NACIONAL DE MANIFESTAÇÕES E PARALISAÇÕES' SERÁ INTENSA EM TODO O BRASIL

Via FENEPOSPETRO -

Trabalhadores de postos de combustíveis e lojas de conveniência de todo o país estão se mobilizando através dos sindicatos da categoria para o 'Dia Nacional de Paralisações' contra as reformas trabalhista e da previdência, que ocorrem na próxima sexta-feira (10) em diversas cidades.


Com os protestos da próxima sexta-feira, o movimento sindical pretende frear a nova lei do trabalho (13.467/2017), que modificou mais de cem artigos da CLT e impôs a maior mudança na legislação trabalhista dos últimos 70 anos, e que entra em vigor no próximo sábado, dia 11 de novembro. Desta data em diante, todos os contratos de trabalho vigentes e os novos passam a funcionar de acordo com as regras aprovadas e sancionadas pela Presidência no dia 13 de julho.

No Rio de Janeiro, em resposta à agenda entreguista e neoliberal de Michel Temer, que tem como maior expressão as reformas trabalhista e previdenciária, a Diretoria do SINPOSPETRO-RJ encabeçada pelo presidente da FENEPOSPETRO Eusébio Pinto Neto, conclama todos os Trabalhadores em Postos de Combustíveis a participarem em conjunto com as demais entidades e centrais, da Mobilização a ser realizada a partir das 16h, com concentração na Candelária. “Os Sindicatos dos Frentistas estarão na luta pelos direitos de mais de 600 mil trabalhadores da categoria em todo o país, que serão atingidos, duramente, pela nova lei trabalhista”, disse o dirigente.

Os frentistas de Campinas irão participar do Dia Nacional de Paralisações na capital, em São Paulo, onde atos ocorrerão na Praça da Sé e na Avenida Paulista. De acordo com o presidente do SINPOSPETRO-CAMPINAS, Francisco Soares de Souza, é importante que além do movimento sindical a sociedade em geral manifeste nas ruas a sua insatisfação com os rumos do país sob o governo de Michel Temer: “É a luta firme e permanente o caminho para a ansiada retomada da soberania, das garantias e do futuro da classe trabalhadora”,  prevê o valoroso sindicalista.

A mobilização da FEPOSPETRO (Federação dos Frentistas de SP) deve levar cerca de 250 pessoas entre trabalhadores, funcionários e dirigentes dos dezesseis sindicatos e das vinte e oito subsedes dos frentistas de São Paulo, cujas chegadas em vans e ônibus na Praça da Sé estão programadas para as 8 horas da manhã do dia 10.

Imbuídos da missão, os dirigentes dos sindicatos, atenderam à convocação da Federação Nacional do Frentista (FENEPOSPETRO) e da Federação estadual da categoria em São Paulo (FEPOSPETRO), para lutar contra a imposição do governo, que insiste em retirar direitos dos trabalhadores e transferir a renda dos mais pobres para os mais ricos.

Dia 10 vamos à luta!

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa SINPOSPETRO-RJ