26.1.18

ADVOGADO CRISTIANO ZANIN MARTINS DEFENDE LULA COM BRILHANTISMO NO TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO [VÍDEO]

ANDRÉ MOREAU -


O julgamento do dia 24 feito pelos três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) de Porto Alegre condenou a política de bem estar social e não o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantendo a doutrina Lawfare¹ em curso.

A condenação a doze anos e um mês em regime fechado, pena maior do que a fixada em primeira instancia: nove anos e seis meses, chama a atenção de personalidades de diferentes países, para a doutrina de choque que vem sendo implantada no Brasil.

Leia mais em POLÍTICA