29.1.18

ÀS VÉSPERAS DO CARNAVAL, A DANÇA DAS CADEIRAS E DIVÓRCIO NO PLANALTO

MIRSON MURAD -


O governo golpista está pouco se lixando para o futuro do Brasil. Seu projeto maior é entregar tudo o que for relevante para o progresso e a autossuficiência da Nação. Entrega-se tudo, fatura-se altíssimo e "cèst finit la contradance". MiShell, o líder golpista, que apenas cumpre as decisões do Centrão, sob orientação maior da Banca, quer - a qualquer custo - emplacar ministra do Trabalho a filhota do ladrão confesso Roberto Jefferson. Ela que tem duas condenações por trabalho escravo. Bastaria mudar o nome desse órgão para Ministério do Trabalho Escravo. Pronto: ninguém mais qualificado que ela. Agora, Michel MiShell Carandiru Belo Recatado do Lar Ministério Fichas Borradíssimas Audiências Secretas Altas Horas Corrida com Mala Tem Que Manter Isso Viu Malas e Malas de Dinheiro no Bancker Temer, doou uma importante secretaria para um garoto totalmente inexperiente (é estudante e nunca trabalhou). O meninão tem a seu favor ser filhote daquele deputado que declarou paixão eterna ao MiShell tatuando seu nome no braço e mostrou para o mundo. Isso quase deu divórcio no Jaburu. Com essa agora, não sei não, Temer pode dançar. Entretanto, uma coisa é insofismável: Nesse carnaval das cadeiras quem dança é o Brasil...

***
O RETORNO DE AMAURY JR

O comunicador Amaury Jr, em seu programa de estréia-retorno à TV Band, mostrou - claramente - a que veio. Assim como O Programa Silvio Santos e o do Ratinho, Amaury será um novo espaço midiático a serviço do Golpe, sob o comando do mafioso Michel MiShell Temer, aquele que foi humilhado em Davos por platéia vazia em seu pronunciamento. O governo Central não tem dinheiro para nada, conforme alega, contudo sobra verbas e mais verbas para investir na promoção midiática. E não é pouco. Haja cifrões!