18.1.18

PARA UMA TEORIA DO GOLPE

Por ROBERTO AMARAL -

Com o objetivo de entender melhor o conceito, é necessário desfazer a relação siamesa entre ditadura, militar ou não, e golpe de Estado.



Para entendermos o conceito de golpe de Estado, convém o apartar do sentido consagrado entre nós de golpe militar, título daquelas intervenções até recentemente corriqueiras na América Latina e que sempre terminavam fechando parlamentos, rasgando constituições e exilando a democracia. Presentemente, a classe dominante vale-se da legislação que ela mesmo produziu, e muda as leis para adequá-las aos objetivos do golpe, assim como o Judiciário, a seu serviço, muda a interpretação das leis e dita sentenças e acórdãos convenientes.

Leia mais em POLÍTICA

* Via e-mail/Roberto Amaral é escritor e ex-ministro de Ciência e Tecnologia