8.3.18

HOMENAGEM A TRABALHADORA FRENTISTA NO ‘DIA INTERNACIONAL DA MULHER’

Via FENEPOSPETRO -

Com a celebração do 'Dia Internacional da Mulher', 8 de março, recordamos e honramos àquelas mulheres, as quais, guiadas por outras mulheres sindicalistas, num dia como hoje, há mais de um século, alçaram sua voz para reivindicar melhores condições laborais, dignidade, paz e alimento. Suas aspirações seguem vigentes ainda hoje.

Eusébio Pinto Neto, presidente da FENEPOSPETRO, homenageia todas as trabalhadoras em postos de combustíveis e lojas de conveniência do Brasil. 
A conscientização é um instrumento importante no empoderamento da mulher e esse processo ocorre, principalmente, através da participação efetiva nos movimentos sociais e sindical. Para ajudar as trabalhadoras de postos de combustíveis e lojas de conveniência do país a ter essa percepção de valores, a Federação Nacional dos Frentistas (FENEPOSPETRO) renova seu compromisso de trabalhar mais intensamente pela igualdade de gênero.

O fato é que até hoje, nenhum país do mundo alcançou a igualdade entre mulheres e homens, nem entre meninas e meninos, e as violações aos direitos das mulheres e meninas ainda são ultrajantes. Nossos esforços em defesa das valorosas trabalhadoras Frentistas devem garantir o empoderamento econômico e em outros âmbitos, através da formação política, da educação, igualdade de oportunidades, participação e liderança.

A igualdade para as mulheres é um progresso para todos. As Frentistas brasileiras precisam ter seus direitos humanos respeitados, inclusive os direitos reprodutivos. Defendendo os direitos das Frentistas, estamos beneficiando centenas de milhares de mulheres trabalhadoras, e contribuindo para transformar a história.

No Dia Internacional da Mulher, nada melhor do que contemplar mulheres falando sobre mulheres. Seus sonhos, suas esperanças, seus medos, suas forças e fraquezas são conhecidos e compartilhados por e entre elas, que são amplas conhecedoras de si. Poucos poemas sintetizam tão bem a luta feminina em defesa da vida e da solidariedade como 'Ofertas de Aninha (Aos Moços)'. Neste ‘Dia Internacional da Mulher’, Trabalhadoras Frentistas do Brasil, receba nossa homenagem através deste poema da lutadora Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (pseudônimo: Cora Coralina).

Cora Coralina - Ofertas de Aninha (Aos Moços)

Eu sou aquela mulher
a quem o tempo
muito ensinou.
Ensinou a amar a vida.
Não desistir da luta.
Recomeçar na derrota.
Renunciar a palavras e pensamentos negativos.
Acreditar nos valores humanos.
Ser otimista.

Creio numa força imanente
que vai ligando a família humana
numa corrente luminosa
de fraternidade universal.
Creio na solidariedade humana.
Creio na superação dos erros
e angústias do presente.

Acredito nos moços.
Exalto sua confiança,
generosidade e idealismo.
Creio nos milagres da ciência
e na descoberta de uma profilaxia
futura dos erros e violências do presente.
Aprendi que mais vale lutar
Do que recolher dinheiro fácil.
Antes acreditar do que duvidar.

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO