8.3.18

O DIA DA MULHER PARA QUEM MAIS PRECISA [VÍDEO]

ANA CLARA SALLES -


Rio de Janeiro - Nesta quinta-feira de manhã, dia 8 de março, na Central do Brasil o Projeto ‘Arte Salva Vidas’ juntamente com o Centro Presente e o Projeto ‘João 10:16’ moveram um dia de cuidados pessoais e higiene para mulheres em situação de rua e presidiárias em regime semiaberto.

Em prol do Dia Internacional de Luta da Mulher essa ação trouxe banho, maquiagem, cuidados com cabelo, e ainda um kit de higiene pessoal para as mulheres e seus filhos moradores da região.

A situação em nossa sociedade machista e racista se exemplifica no contexto degradante da mulher negra de periferia, que lida com a negligência do Estado em serviços básicos de saúde, educação, e no caso moradia. Ainda sofre a violência do racismo e do patriarcado institucionalizado.

As mulheres atendidas pela ação social tinham severas histórias de vida que exemplificam essa situação. Mãe e filha perderam sua casa em enchente, moradoras de rua. Presidiárias de regime semiaberto que vivem em condições extremamente questionáveis, fornecidas pelo sistema carcerário brasileiro. O sorriso dessas mulheres por sentirem-se felizes com seus corpos mostra a importância desse tipo de movimento.

Isso evidencia o bom resultado das ações na sociedade e no povo, e a certeza da continuação de projetos que amenizem os efeitos da grande desigualdade social em que o Brasil se encontra.