26.4.18

A INSEGURANÇA JURÍDICA DA REFORMA TRABALHISTA

Por  FRANCISCO GÉRSON MARQUES DE LIMA -


A reforma trabalhista de 2017 foi aprovada sob discursos e promessas de geração de empregos, modernização da legislação do trabalho, retomada da economia e mais negociação entre empregados e empregadores.

Os que assim pensavam não contavam (ou contavam?) com a insegurança jurídica daí decorrente. A segurança jurídica nas relações contratuais é muito importante para as empresas e para os trabalhadores.

Leia mais em SINDICAL