30.4.18

AÇÕES TRABALHISTAS DIMINUÍRAM CERCA DE 77%

ROBERTO M. PINHO -

O setor público, incluindo o Judiciário, só está preocupado com os instrumentos que lhes garantam mais aumentos salariais, mais benefícios, vantagens e mazelas, não lhe importa a carga tributária ascendente e menos ainda atividade econômica. Isso não lhes afeta”.


As ações despencaram, e só no estado do Rio de Janeiro registrou queda de 77% no número de ações trabalhistas. A diminuição se consuma em quatro meses após a reforma trabalhista entrar em vigor. E a média é acompanhada pelo resto do país, onde houve redução de, aproximadamente, 50% nos processos judiciais entre trabalhadores e empresas.

Leia mais na COLUNA