4.4.18

DIA ‘D’ NO STF

ADERSON BUSSINGER -


Estou aqui hoje (4) em Brasília, na fila de entrada do prédio do STF, para fazer sustentação não no processo do HC de Lula, porque não sou criminalista e nem seu advogado, mas por motivo de outro recurso extraordinário do Sindicato dos Petroleiros de Sergipe (AL) e da CSP-Conlutas, absurdamente, ilegalmente penalizados com descomunal e injusta multa, em razão de uma manifestação política ocorrida há 11 anos. “Surrealista”, dirão muitos ao ler esta ação, um interdito proibitório aforado pela União Federal contra o Movimento Sindical e popular em Sergipe!

Aproveitarei também para assistir o julgamento mais aguardado do ano, sobre o pedido de liberdade de Lula, para que não cumpra pena antes do trânsito em julgado. Registro que sou a favor de que não se prenda Lula ou qualquer outro cidadão brasileiro, antes que encerrado em definitivo o seu processo e julgamento, como também na condição de advogado trabalhista, por exemplo, não posso concordar que um empregado perca o emprego, seja demitido, antes que esgotado o seu pleno direito de defesa.

No caso de Lula, diferente do direito trabalhista, esta garantia de natureza criminal consta expressamente da constituição federal, o que torna mais absurda a tentativa de aprisiona-lo antecipadamente, o que somente se explica pelo desejo da elite, do PSDB, do DEM &, ($) de perseguir e prender o Lula, para que finalmente venham a concorrer sem a participação do ex-presidente no próximo pleito presidencial. Oportunismo puro!

Não voto em Lula, mas sim no pré-candidato do PSOL Guilherme Boulos, mas isto se trata, convenhamos de um típico episódio golpista, desde as tais pedaladas... E Que decadência e desmoralização de uma direita reacionária e mesquinha que precisa prender o principal concorrente para poder tentar ganhar as eleições... e seguir destruindo o Brasil!

* Aderson Bussinger, advogado, conselheiro da OAB-RJ, integra o MAIS - Movimento Por Uma Alternativa Independente Socialista. Mestre em Ciências Jurídicas e Sociais/UFF, colaborador do site TRIBUNA DA IMPRENSA Sindical, Diretor do Centro de Documentação e Pesquisa da OAB-RJ, membro Efetivo da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ. Membro Efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros-IAB.