5.4.18

MTE VAI REUNIR SINPOSPETRO-ES E PATRONAL PARA MEDIAÇÃO

Via FENEPOSPETRO -

Assim como vêm ocorrendo em alguns estados da federação, o Sindicato dos Empregados em Postos de Combustíveis do Estado do Espírito Santo, presidido pelo dirigente Wellington Bezerra (foto), também vêm enfrentando dificuldades na Campanha Salarial da categoria. Dia 10 têm reunião de mediação no Ministério do Trabalho (MTE).


A nefasta Lei 13.467/17 trouxe junto à sanha dos patrões em precarizar e tentar tirar os direitos dos Frentistas, ocorre problemas em negociações por todo Brasil. Recentemente uma rede de postos de Fortaleza (CE), decidiu ‘chutar o balde’ e não cumprir a Convenção Coletiva, assim como o dissídio, isso provocou manifestações e greves no estado. Em Minas Gerais, a representação patronal recusa qualquer diálogo com o Sindicato, insistem em cortar direitos dos trabalhadores, além de recusarem reajuste correto dos salários.

No estado do Espírito Santo, o combativo presidente Wellington Bezerra explica que durante todo o mês de março a entidade patronal recusou qualquer negociação. A categoria aprovou a campanha salarial em assembleia realizada no dia 28 de outubro de 2017. Em 1° de novembro, foi entregue ao sindicato patronal (Sindipostos) a pauta de reivindicações 2018 do SINPOSPETRO-ES.

Foram várias rodadas de negociação desde então, “reivindicamos reajuste salarial, gratuidade do vale-transporte, gratuidade do plano de saúde e do plano odontológico, participação nos lucros e resultados (PLR), adicional de caixa e de dupla função, entre outros itens. Estamos pedindo 5% de reajuste salarial e 10% no tíquete refeição, há mais de um mês não temos mais resposta”, disse Wellington Bezerra. Com data base em 1° de janeiro, o SINPOSPETRO-ES representa trabalhadores Frentistas em 78 municípios.

Em função da recusa da patronal em querer negociar, a diretoria do Sindicato dos Empregados em Postos de Combustíveis do Estado do Espírito Santo solicitou reunião de mediação na Superintendência do Ministério do Trabalho, o encontro ocorrerá no próximo dia 10, às 9h30 na capital Vitória.

* Daniel Mazola, assessoria de imprensa FENEPOSPETRO