19.4.18

O STF DO BRASIL, E A SUPREMA CORTE DOS EUA

HELIO FERNANDES -


A comparação é vergonhosa para nós, mas obrigatória pela disparidade do comportamento. Aqui, cada um faz o que quer, lá existe  um regimento interno claríssimo e cumprido sem restrição. Nos dois países, as Cortes se identificam como "Guardião da Constituição".

Só que a Corte americana  julga no máximo 100 processos por ano, o STF julga (?) processos que deveriam ser encerrados na primeira instancia ou num tribunal de bairro.

Leia mais na COLUNA