17.7.18

ATIVISMO POLÍTICO CONTAMINOU O JUDICIÁRIO

ROBERTO M. PINHO -

“A prática sob o dogma da justiça ideológica, pigmentada por partidarização, gerou e gera insegurança jurídica. O resultado foi latente, recente, por ocasião da entrada em vigor da reforma trabalhista, e os juízes anunciando publicamente de que não iriam cumprir a lei.”


Durante os governos do Partido dos Trabalhadores – PT (2003 a 2011) com Luiz Inácio Lula da Silva presidente. Já Dilma Rousseff, foi presidente de 1° de janeiro de 2011 a 31 agosto de 2016, período em que a exemplo de outros órgãos públicos, o judiciário brasileiro foi o que mais se transformou num apêndice dos petistas.

Leia mais na COLUNA