7.9.18

A CAUSA DOS DIREITOS DOS AMBULANTES COM DEFICIÊNCIA FOI ABRAÇADA PELO DEPUTADO PAULO RAMOS

ANDRÉ MOREAU -

Altamir Fróes, Laércio da Silva, Deputado Paulo Ramos e Solange Rodrigues.
O Deputado Estadual Paulo Ramos (PDT-RJ), recebeu com a hombridade que lhe é peculiar (5), os companheiros com deficiência da Cidade de Niterói, que lutam para que os ambulantes com deficiência não precisem pagar as taxas cobradas por determinadas prefeituras, do Estado do Rio de Janeiro, para poderem trabalhar, visando garantir suas respectivas sobrevivências, com a dignidade devida.

O Presidente da Associação Niteroiense dos Ambulantes Portadores de Deficiência, Laércio da Silva, lembrou na reunião que a Lei criada pelos ex-Combatentes de Monte Castelo que venceram os nazistas na II Guerra Mundial, sancionada e ampliada pelo Presidente Getúlio Vargas, estava sendo solapada em Niterói e Itaboraí, dentre outros municípios.

O Coordenador-Geral da Pastoral de Inclusão dos "D" Eficientes nas Artes, autor deste artigo, ressaltou que o Projeto Lei proposto em 1945 se restringia a atender os ex-Combatentes, que a ampliação lembrada por Laércio, promovida pelo Presidente Getúlio Vargas, abriu as ruas do País para todas as pessoas com deficiência que precisassem, pudessem trabalhar como ambulantes, sem pagar taxas, em função da falta de condições financeiras do Estado, para arcar com benefícios básicos destinados ao sustento das pessoas com deficiência. Situação semelhante a atual.

O Deputado Paulo Ramos agradeceu a visita dos mencionados companheiros, bem como da Presidenta do Canal Comunitário de Niterói, a Jornalista Solange Rodrigues e do Coordenador de Adaptações Mecânicas da Pastoral IDEA, o Mecânico Altamir Fróes, que "lutam pela inclusão de pessoas com deficiência."

Em seguida Paulo Ramos destacou "(...) Tomo conhecimento agora da existência de uma Lei que vem da era Vargas abrindo espaço para a inclusão. E vejo que algumas prefeituras, lamentando que inclusive a de Niterói, cheguem a cobrar os deficientes para que eles possam ocupar um pequeno espaço como ambulantes, para a sobrevivência digna. É uma luta muito grande".

Paulo Ramos ressaltou que "Agora estou concorrendo a Deputado Federal (número 1234)." E em função da citada Lei ser federal haverá maior possibilidade de defender a causa. "Vou continuar abraçando a causa da inclusão. Agora cientificado da surpreendente e injusta cobrança em vários municípios. Lutarei para que a inclusão se dê com responsabilidade e ao mesmo tempo com solidariedade". Esse foi o compromisso do paladino das boas causas.

---
*André Moreau, é Professor, Jornalista, Cineasta, Coordenador-Geral da Pastoral de Inclusão dos "D" Eficientes nas Artes (Pastoral IDEA), Diretor do IDEA, Programa de TV transmitido pela Unitevê – Canal Universitário de Niterói e Coordenador da Chapa Villa-Lobos – ABI – Associação Brasileira de Imprensa, jornalabi.blogspot.com - arbitrariamente impedida de concorrer à direção da ABI nas eleições de 2016/2019.