14.12.18

SE NO IBOPE, 75% APOIAM BOLSONARO, NA PESQUISA DO BRASIL 247, 82% APOIAM MOURÃO E QUEREM SABER DO BOLSOGATE!

EMANUEL CANCELLA -


O Ibope soltou uma pesquisa, ontem, 13, onde 75% apoiam as decisões de Bolsonaro (2). O Brasil 247, um dos mais importantes blogs brasileiros, no mesmo dia, fez também pesquisa onde 82% dos consultados concordam com o general Mourão em cobrar os esclarecimentos do Bolsogate (1).

Lógico que a CNI, como apoiadora de Bolsonaro, não contratou o Ibope para fazer uma pesquisa para diminuir o governo Bolsonaro. Aliás, não é só no governo Bolsonaro, todo governo usa a pesquisa para melhorar sua imagem.

Mas falar do governo Bolsonaro tem que falar no racha interno, pois nem os generais do governo estão se entendendo.

E pior, assim como no governo Temer, grande parte dos futuros ministros estão envolvidos em corrupção. E não é só o Onyx Lorenzoni. Paulo Guedes, ministro da Economia, deu rombo de um bilhão de reais nos fundos de pensão das estatais (3). O triste é que Paulo Guedes dá o rombo nos fundos de pensão e os trabalhadores da ativa e aposentados é que pagam a conta, já que, na Petrobrás, já estão descontando 13% do salário por 18 anos, por conta desse rombo do Paulo Guedes.

Muita gente boa diz que todos têm que apoiar o governo para que dê certo. Com todo respeito a essas pessoas, mas não dá para apoiar um Bolsonaro que votou na Reforma trabalhista de Temer e ainda diz que é horrível ser patrão no Brasil (4).

Bolsonaro votou na PEC do Fim do Mundo, a que congela por 20 anos investimentos em saúde, educação, segurança, infra estrutura, etc.  Por conta desse congelamento, muita gente está morrendo nas portas dos hospitais por falta de atendimento; medicamentos para doentes de doenças terminais estão em falta; crise na segurança com a violência atingindo níveis nunca vistos; falta de pagamento para policiais, professores e bombeiros; desemprego em massa e as grandes obras estão paralisadas por falta de investimentos.

E se os candidatos de oposição, principalmente Fernando Haddad e Ciro Gomes, falavam em rever essas medidas, Bolsonaro, muito pelo contrário, votou nelas (5).

E o Brasil tem dinheiro, já que o golpista MiShell Temer, por um lado é o pai da PEC do Fim do Mundo, congelando investimentos por 20 anos, mas por outro é autor e articulador da lei, aprovada no Congresso Nacional, que isenta em um trilhão de reais em impostos as petroleiras estrangeiras. A mais beneficiada a Shell. Estranho que a Lava Jato, que investiga a Petrobrás, tenha ficado calada (6)!

Ao invés de buscar saídas para o desemprego, que atinge quase 13 milhões de brasileiros, Bolsonaro diz que cálculo do desemprego é uma farsa (7).

Já que estamos na véspera do Natal, me peçam até para acreditar em Papai Noel, mas apostar no sucesso desse governo, jamais!

Fonte: