6.1.19

BOLSONARO: LULA E O PT É COMO O BOLO DA VOVÓ, QUANTO MAIS BATE MAIS CRESCE!

EMANUEL CANCELLA -


Presidente, a campanha eleitoral já acabou. Pare de falar mal dos adversários e governe. Aliás, V. Exa. começou mal, tirando R$ 8 do reajuste do salário mínimo.

Isso cria dificuldade para os seus aliados, principalmente o bispo Macedo e o Pastor Silas Malafaia, cuja base representativa é composta principalmente por pobres que ganham o salário mínimo.

O PT perdeu a eleição para presidente, principalmente porque a Lava Jato, chefiada por Moro, prendeu Lula sem provas, num claro intuito de tirá-lo das eleições e favorecer sua candidatura.

Depois Moro, a 6 dias da eleição, vazou a delação premiada de Antônio Palocci, mesmo esta já tendo sido proibida pelo MPF, por falta de provas. Isso alavancou sua campanha no primeiro turno e prejudicou a de Fernando Haddad.

O efeito do vazamento foi tão violento que Dilma, líder absoluta ao Senado por Minas Gerais, foi derrotada porque ela foi citada na delação irregular do ex-ministro de Lula (1,2).

Moro, como seu maior cabo eleitoral, fez por merecer o ministério em seu governo.

Além de tirar Lula do páreo e uso de delação proibida, sua candidatura foi também denunciada pelo uso criminoso dos Fake News (3).

Mesmo assim, o PT elegeu o maior número de governadores e de deputados (4,5).

Por enquanto, você está sendo fiel a seu discurso de perseguir as minorias: índios e quilombolas estão subordinados ao ministério da Agricultura, que é chefiado por uma liderança do agronegócio, Tereza Cristina (DEM-MS) conhecida como “Menina Veneno”. Resumindo: índios e quilombolas serão administrados pelos seus inimigos históricos, que são a maioria dos fazendeiros.

Também para beneficiar fazendeiros, a ministra da Agricultura já abriu espaço na pauta do Ministério para ampliar o uso do agrotóxico. Vão colocar mais veneno na comida dos brasileiros.

Outra minoria perseguida quando, na primeira medida provisória de Bolsonaro, com relação aos direitos humanos são excluídos os LGBT’s (6).

As suas críticas não vão tirar o brilho dos governos do PT. Lula, que tem sido seu alvo preferido, elegeu-se, reelegeu-se e saiu do 2º governo com 87% de aprovação. E ainda elegeu Dilma sua sucessora que, depois, para mostrar que tem luz própria, reelegeu-se.

Lula, além de conseguir o fato inédito do pleno emprego, levou o Brasil a ser a 6ª economia no mundo, passando a Inglaterra. E, em seu governo, a Petrobrás desenvolveu tecnologia inédita no mundo que permitiu a descoberta do pré-sal (7,8). Por essa conquista, a Petrobrás ganhou pela 3ª vez o prêmio OTC, considerado o Oscar da indústria do petróleo (9).

Por isso que Lula, em 2018, foi líder em todas as pesquisas e, na do Ibope, ganharia no 1º turno (10). Para afastá-lo da eleição, proibiram sua candidatura e prenderam-no, com base numa reforma que comprovadamente nunca existiu  num tríplex que nunca foi de Lula veja os vídeos e fotos que comprovam isso (11 a 13).

Fonte: