6.3.19

AS ÁGUAS VÃO ROLAR, MORO E BOLSONARO NÃO PERDEM POR ESPERAR!

EMANUEL CANCELLA -


Até o Ministério Público rejeitou a delação premiada do Antônio Palocci. Falando mal de Lula Dilma e do PT, foi esta delação rejeitada que Moro Vazou, a 6 dias da eleição para favorecer Bolsonaro (2).

Para prender Lula até delação mentirosa valeu: Leo Pinheiro da OAS disse que a reforma luxuosa do tríplex foi feita a pedido de Lula que, em troca, Lula lhe daria vantagens ilícitas na Petrobrás.

Hoje já ficou comprovado que a reforma nunca existiu, mas para a Lava Jato valeu e assim Lula foi preso.  Leo, além de diminuir sua pena, seu genro, Pedro Guimarães, ganhou de Bolsonaro a presidência da Caixa Econômica Federal (1).

Mesmo com vídeos e fotos provando a farsa da reforma do tríplex, Lula continua preso. Antes havia até reportagem mostrando que havia uma reforma luxuosa, mas foram desmascarados então deletaram as imagens da internet : “R7 apaga reportagem que mostrava um tríplex luxuoso” (3,4,5).

Resultado, Moro prendeu Lula na véspera da eleição para favorecer Bolsonaro. Pesquisa do Ibope dizia que Lula ganharia a eleição em primeiro turno (6). Com a prisão, Lula perdeu a presidência, Moro ganhou o ministério da Justiça e o falso delator emplacou o genro na CEF.

Mas as águas vão rolar!

Fonte: