13.3.19

MEMÓRIAS DA ÉPOCA DE OURO DOS JORNAIS CARIOCAS

ALCYR CAVALCANTI -

Aziz Ahmed é uma lenda viva do jornalismo. Trabalhou em vários jornais sempre à procura da verdadeira notícia, custasse o que custasse. Aziz cursou Faculdade de Medicina durante dois anos, mas atraído pelo fascínio da notícia foi para o Correio da Manhã em 1960 onde ficou até 1965 quando foi para a Rua Irineu Marinho trabalhar no Globo.

Aziz Ahmed e Alcyr Cavalcanti
Em 1972 voltou para a Avenida Gomes Freire para a sede do Correio, mas já sob as ordens de Ari de Carvalho na Arca Editora que controlava também a Ultima Hora. Foi quando o conheci, desde então ficamos amigos. Passaram-se os anos, tivemos  trajetórias diversas e acabamos nos reencontrando nas reuniões do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa-ABI.

O autor que trabalhou mais de 50 anos nas redações esfumaçadas em plantões infindáveis,  escutou atentamente relatos de suma importância. Resolveu então efetuar vinte e seis entrevistas sempre fiel à memória afetiva de seus entrevistados, todos ligados ao "Turco" por muito carinho. Aziz também conviveu com o coronel João Luis de Moraes pai da ativista Sonia Maria Angel casada com Stuart Angel, ambos mortos pela repressão. Daí resultaram longas entrevistas transformadas no "Calvário de Sonia Angel" publicado em 1994.

"Memorias da Imprensa Escrita" lançada na ABI é um  livro imperdível para quem desejar conhecer os meandros de uma época que não mais se repetirá.