4.4.19

LAVA JATO FICOU BILIONÁRIA COM O COMBATE A CORRUPÇÃO NA PETROBRÁS E NA ODEBRECHT!

EMANUEL CANCELLA -


A Lava Jato quebrou a economia em poucos meses, como mostra o vídeo anexo (5).

Assim como a lava Jato destruiu a indústria naval, navios e plataformas agora são construídos no exterior, gerando emprego e renda aos gringos (3).

A  Lava Jato produziu 7 milhões de desempregados no Brasil (2).

A lava Jato foi criada em 17 de março de 2014 para investigar a Petrobrás (6). Prendeu diretores e gerentes da Petrobrás; confiscou bens e dinheiro roubado, entretanto somente na gestão do PT na Petrobrás.

A Lava Jato prendeu o governador do Rio Sérgio Cabral, o presidente da Eletronuclear, o almirante Othon Pinheiro e outras pessoas poderosas. Mas estranhamente, os principais ladrões da Petrobrás estão em suas casas, verdadeiros clubes de lazer, construídos com dinheiro da roubalheira (8).

E o ex-presidente Lula foi preso pela lava Jato somente através de delação premiada, sem nenhuma comprovação. Isto porque a Operação nunca apresentou, no processo, registro de imóvel ou qualquer documento hábil comprovando a propriedade de Lula para o tríplex de Guarujá e o sítio em Atibaia que, segundo a Lava Jato, seriam frutos da corrupção na Petrobrás (14,15).

Já o tucano, FHC foi denunciado na Java Jato por corrupção, e, em algumas, envolvendo o próprio filho; e mais, FHC tem indícios fortíssimos de enriquecimento ilícito com apartamento em Paris e Nova York e fazenda com aeroporto no Brasil (9,10,11). Mesmo com isso, FHC nunca teve vazamento de delação na mídia, muito menos prisão, nem quando o tucano reconheceu em seu livro, Diário da Presidência, que havia corrupção na Petrobrás em seu governo (12).

Os EUA sempre estiveram por trás, ou à frente, das operações da Lava Jato. Por exemplo, a Operação convocou os procuradores americanos para investigar a Petrobrás (13).

Porém, a Lava Jato não mandou nossos procuradores investigarem a petroleira americana Chevron, denunciada pelo Wikleaks, na troca de informações com a petroleira americana Chevron, através do então candidato derrotado, o tucano José Serra, em 2009, quando Serra prometia favores à Chevron em prejuízo da Petrobrás (7).

E com a omissão criminosa da Lava Jato, o senador tucano Jose Serra, depois do impeachment de Dilma, articulou e aprovou, no Senado, a lei 4567/16 com tudo que prometera criminosamente à Chevron.

Lava Jato destruiu a imagem das principais empresas nacionais e reduziu seus negócios. A Odebrecht, uma das maiores multinacionais do mundo, reduziu de 240 mil funcionários para 60 mil. A direção da Petrobrás, abandonou e entregou aos gringos as áreas mais estratégicas, empregatícias e lucrativas, como a indústria naval, a petroquímica, fertilizantes, gás e biocombustíveis (16).

Enquanto as principais empresas brasileiras como a Petrobrás e a Odebrecht, em nome do combate à corrupção, encolheram, a Lava Jato, pasmem! Ficou bilionária! Acordo Odebrecht-MPF: procuradores da Lava Jato vão gerir fundo de R$ 6,8 bi. Na verdade, a Lava Jato teria, sob sua administração, também a bilionária Fundação Lava Jato Petrobrás, porém a PGR e o STF suspenderam a Fundação Petrobrás.

Ambas as fundações têm forte ligação com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) (17,18,19).

Os EUA aplicaram, na Lava Jato, o famoso “Faça o que eu digo mas não faça o que eu faço!

Isto por quê? Na maior quebradeira dos EUA, em 2008, nenhum dirigente de empresas foi preso, nenhuma empresa quebrou, embora 10 milhões de trabalhadores ficaram sem emprego, até porque o banco central americano aportou bilhões de dólares para resguardar a imagem e suas empresas e assim facilitando a retomada da economia e da empregabilidade (20).

Aqui, no Brasil, só em saiu beneficiado com a Lava Jato, a própria Operação e os gringos, que estão solapando nosso petróleo e nossas empresas.

Fonte: