29.5.19

LIMINAR NA JUSTIÇA NÃO VAI BARRAR A PRIVATIZAÇÃO DAS REFINARIAS DA PETROBRÁS!

EMANUEL CANCELLA -


A Federação Única dos Petroleiros - FUP e a Federação Nacional dos Petroleiros FNP precisam parar de exaltar liminares e conscientizarem-se de que só a greve pode barrar as privatizações (3,4).

A justiça das liminares é a mesma que permite que petroleiros ativos e aposentados sejam descontados, por conta de um rombo no fundo de pensão, em 13% dos salários, por 18 anos, mesmo sem eles terem sido os gestores da fundação Petros.

E a mesma justiça que pune os petroleiros pelo rombo na Petros, cala-se diante de Paulo Guedes, ministro da Economia, que quer privatizar a Petrobrás, e que ele sim, deu rombo de R$ 1 BI nos fundos de pensão das estatais, entre eles o da Petros (1). Por que só os petroleiros vão pagar pelo rombo? E Paulo Guedes?

A justiça da Lava Jato prendeu mais de 20 pessoas, por suspeita de superfaturamento na construção da sede da Petrobrás na Bahia, com dinheiro da Petros, como ex-dirigentes da Petros, inclusive membros do PT. E o Paulo Guedes, que deu rombo na Petros, não vai ser preso (2)?

Assim como só a luta dos petroleiros barra a privatização, só a luta dos estudantes, professores e profissionais da educação nas ruas, no dia 30, podem barrar os cortes de Bolsonaro na educação!

Na Privataria Tucana conseguimos várias liminares contra as privatizações e no final todas viravam pó!

Na verdade nenhuma ação na justiça barrou a privatização, que só serve para desarmar a categoria. Temos que ir para Justiça mostrar as falhas do processo, mas jamais vender ilusões.

E que ninguém subestime a força dos petroleiros, pois foram eles que barraram a Privataria Tucana, impedindo a privatização da Petrobrás e de várias estatais e enfrentaram, com greve, os militares dentro das unidades da Petrobrás.

Em tempo, Inscreva-se em meu canal e compartilhe o vídeo, o Twitter e o blog e, se gostar do vídeo, deixe seu gostei e um comentário.

Fonte: