21.6.19

MORO, O CHEFÃO, FOI PEGO NA MENTIRA

JEFERSON MIOLA -


Moro mandava e desmandava na Lava Jato. Ele era o capo di tutti capi; o chefão daquilo que o ministro do STF Gilmar Mendes nomeou como organização criminosa.

No artigo Moro, o chefe dos chefes, afirmei que na estrutura de mando da Lava Jato “Moro aparece sempre no vértice da cadeia de comando, no topo do poder hierárquico da República de Curitiba”. As mensagens reveladas pelo Intercept comprovam essa realidade.

Nelas, se percebe Moro ora definindo estratégias de investigação, ora orientando ou dando ordens a Dallagnol; ora fabricando provas e testemunhos para incriminar Lula e, inclusive, interferindo na equipe de acusadores que deveria participar das audiências de inquirição.