8.7.19

BRASIL VENCE COPA AMÉRICA EM JOGO COM BOLSONARO VAIADO, TITE SE RECUSA A CUMPRIMENTAR BOZO EM PREMIAÇÃO [VÍDEO]

REDAÇÃO -

Campeão pelo Brasil na Copa América, o técnico Tite evitou cumprimentar o presidente Jair Bolsonaro na entrega das medalhas neste domingo, 7; zagueiro Marquinhos passou reto por Bolsonaro.


O técnico da seleção brasileira não fez o mínimo esforço para parecer cordial com o presidente da república.

Ao se dirigir para receber a premiação pela conquista da Copa América, Tite cumprimentou as autoridades ali presente, mas não estendeu a mão para Jair Bolsonaro. Quem teve a mesma atitude do treinador foi o zagueiro Marquinhos.

Imagens da transmissão mostram os dois integrantes da seleção brasileira passando indiferentes por Bolsonaro. No caso de Tite, o presidente teve que se esforçar para chamar atenção do técnico.

Antes disso o presidente já havia sido recepcionado com vaias pela torcida que estava no Maracanã assim que pisou no gramado do estádio.

A atitude dos integrantes da seleção brasileira gerou uma série de comentários nas redes sociais.

O carinho do torcedor com um presidente patético, incompetente e grotesco. E tome vaia no Bozo! pic.twitter.com/wI1vJS9b0V
— Lindbergh Farias (@lindberghfarias) 7 de julho de 2019

tite se livrando da marcação do bolsonaro pic.twitter.com/5oREPjB0HO
— joão abel (@joaoabel_) 7 de julho de 2019

Marquinhos no instante em que passa batido por Bolsonaro. Aproveitar êxitos esportivos alheios para autopromoção política é atitude de governantes autoritários e líderes de ditaduras. pic.twitter.com/NTt15KXG79
— Mário Magalhães (@mariomagalhaes_) 7 de julho de 2019

***
Brasil vence Copa América em jogo com Bolsonaro vaiado

A seleção brasileira de futebol venceu o Peru por 3 a 1 no Maracanã e conquistou o nono título da Copa América; presente no encontro, Jair Bolsonaro, que foi ao estádio junto com Sérgio Moro, foi vaiado várias vezes durante o jogo, inclusive no final, na entrega das medalhas. Leia mais aqui.


Fonte: 247